Poesia: A Árvore da Serra – Augusto dos Anjos

arvore.jpg

A ÁRVORE DA SERRA

- As árvores, meu filho, não têm alma!

esta árvore me serve de empecilho…

É preciso cortá-la, pois, meu filho,

Para que eu tenha uma velhice calma!

- Meu pai, por que sua ira não se acalma?!

Não vê que em tudo existe o mesmo brilho?!

Deus pôs almas nos cedros… no junquilho…

Esta árvore, meu pai, possui minha alma!…

- Disse – e ajoelhou-se, numa rogativa:

“Não mate a árvore, pai, para que eu viva!”

E quando a árvore, olhando a pátria serra,

Caiu aos golpes do machado bronco,

O moço triste se abraçou com o tronco

E nunca mais se levantou da terra!

About these ads

10 comentários sobre “Poesia: A Árvore da Serra – Augusto dos Anjos

  1. ” A Árvore da Serra”, lindo. Em tempos em que o tema “sustentabilidade” está em voga, é necessário agir e refletir muito para que nossas ações e atividades indiscriminadas não se tornem serras, e para que não morramos todos abraçados em troncos!

  2. A primeira vez que vi esta poesia, estava em Campina Grande (PB), estado onde nasceu Augusto dos Anjos. Lembro-me que fiquei tão impressionado com a beleza do soneto que copiei-o para que ficasse sempre perto. Ele estava gravado em pequenas lajes, espalhadas numa praça do centro da cidade, cada uma delas com uma estrofe do poema.

  3. Conheço essa poesia desde criança, quando eu ainda era estudante e por sorte, tenho-a memorizada em minha mente, pois a adoro. Hoje resolvi verificar se eu não tinha esquecido nenhuma estrofe e, que bom, ainda a tenho guardada na alma. Já fiz teatro infantil com essa poesia para comemorar o meio ambiente. Ela é fascinante, emociona e está bem dentro da nossa realidade,pois hoje somos vítimas dos desastres ecológicos.

  4. A Árvore da Serra fala de um caso bem interessante: O pai de Augusto dos Anjos tinha engravidado a empregada, e a decisão do pai foi de realizar um aborto na mesma. Diante da decisão Augusto dos Anjoos fez essa poesia, que é uma das mais belas de sua obra “Eu”.

    Sou paraibano e tenho muito orgulho da pessoa que Augusto dos Anjos representa no mundo da literatura. As suas obras sempre nascem de experiências vividas por ele mesmo, por isso nos envolve com tamanho sentimento.

    Abraços à todos.

  5. Bom, oque o amigo fabricio relata é veridico com a exeção que a empregada estava gravida do proprio Augusto dos anjos, assim acredita a grande maioria dos pesquisadores
    do grande poeta paraibano.

  6. hOJE, ESTOU COM 79 ANOS, NATALENSE, DESDE OIS MEUS DOZE ANOS QUE “DECOREI’, ESSA POESIA DO AUGUSTO DOS ANJOS, ALIÁS, O MEU SAOUDOSO PAI-JUSTINO TAVARES DA COSTA, SABIA DE CÓR QUASE TODAS AS OUTRAS POSESIAS DO INESQUECÍVEL POETA, ASSIM COMO, GARNDE PARTE DE ESPUMAS FLUTUANTES DO NOSSO ABIANO CASTRO ALKVES, que maraviulhas.
    João Tavares
    Recife-PE, 23 de agosto de 2011

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s